1

MIOMAS? PREVINA-SE!

Oi Meninas, eu gostaria de abordar um assunto que é de interesse nosso, e estou relatando isso porque vivi essa experiência. A um ano atrás fui submetida a uma cirurgia de Miomectomia, pois em fevereiro de 2009 descobri que tinha um mioma de quase 6 centímetros de diâmetro, do tamanho de uma laranja. Só que tudo isso poderia ter sido evitado, pois no inicio de 2008 eu vinha sentindo algo estranho, desconforto, eu fui a minha (ex) ginecologista e ela me disse que não tinha nada de errado, passou alguns meses meu fluxo menstrual aumentou absurdamente a ponto de passar na roupa, e tinham coágulos de sangues grandes anormais, eu sentia as vezes dores na região pélvica, e muito desconforto durante a relação sexual. Resolvi ir na minha antiga ginecologista em Joinville, ela me examinou e disse que estava tudo normal, voltei para Blumenau resolvi no mês seguinte marcar novamente com minha (ex) ginecologista, enquanto isso o tempo ia passando. Fiz as mesmas reclamações e ela com a mesma conversa, que eu tinha que relaxar, que era por causa da posição, etc. Não me pediu um exame, passou o ano e não agüentava mais aquele fluxo de sangue e as dores, resolvi voltar em fevereiro de 2009 da médica novamente.

Quando ela fez o exame e tocou na minha região pélvica pressionando ela percebeu algo errado e me pediu uma ultrassom transvaginal, e eu disse para a doutora “isso não teria relação com as dores e desconfortos que eu estou sentindo?”. Ela me disse que não, que poderia ser uma alteração no meu ovário. Fui fazer a ultrassom então fiquei sabendo que eu tinha 2 miomas e um era do tamanho de uma laranja, meu útero tinha alterado quase 3 vezes o tamanho normal de um útero que nunca passou por uma gestação.

Nossa fiquei na hora apavorada, a médica que fez a ultrassom disse que não teria outro jeito teria que ser uma intervenção cirúrgica. Então voltei na ginecologista, e ela então olhou para mim e disse com a maior cara de pau: “TENS QUE TIRAR O ÚTERO”. O chão saiu debaixo dos meus pés, fiquei apavorada sem saber o que fazer eu já estava com anemia também por conta da perda de sangue.

Procurei saber sobre o assunto, então descobri que existem 3 tipos de miomas: Intramural (que era o meu caso) cresce dentro da parede do útero para dentro, Suberoso ,dentro da parede do útero para fora e o Submucoso no interior da cavidade uterina, nenhum deles é maligno, mas pode causar infertilidade para quem quer engravidar, e dependendo do grau a retira do útero (histerectomia ).

30% das mulheres entre 25 e 40 anos tem mioma, pode ser hereditário também. Única forma de descobrir o mioma é através da Ultrassom, por isso Meninas não deixem de pedir pelo menos uma vez por ano uma Ultrassom para saber se esta tudo bem, porque o preventivo não é para esse tipo de caso, pode estar tudo bem com o seu colo do útero e você ter mioma.


Procurei outros médicos até que encontrei a Dra. Muriel, que com sua delicadeza e sensibilidade cuidou do meu caso com carinho, pois eu não queria retirar o útero, tinha apenas 33 anos, e não tenho filhos. Ela fez uma miomectomia que é uma cirurgia que retira apenas o Mioma, é bastante trabalhosa, bem mais que tirar um útero é claro. Fico pensando talvez os médicos estejam mais preocupados em ter menos trabalho do que achar um jeito de evitar o sofrimento de seu paciente, as coisas mudaram muito é uma pena que tenhamos profissionais desse tipo para nos dar assistência.

Durante a cirurgia a Dra. Muriel descobriu que eu tinha 7 miomas , porque o ultrassom as vezes não consegue ver todos e ela já havia me alertado que talvez teria mais e que até dependendo de onde eles estivessem localizados teria que realmente retirar o útero, mas graças a Deus não precisou. Bom sou uma paciente que tem tendência a ter miomas e talvez um dia tenha que retirar meu útero, mas AGORA NÃO!

Curiosidade, o mioma se alimenta de hormônios, mulheres acima de 40 anos descobrirem miomas antes não terão problemas, pois quando chega à menopausa para a produção de hormônios e eles não têm como se alimentar e definham. Claro tem que estar no estágio bem inicial.

VAI UM ALERTA, quando sentirem algo de estranho e o médico insistir que não tem nada procure outro profissional, e sempre exija uma Ultrassom pelo menos uma vez por ano.

Ate+

1 comentários:

Chris disse...

olá chris, infelizmente tenho miomas tbm e ainda não procurei tratamento,tenho um bebezinha de um e meio; gostei da tua materia sobre esse assunto que está me tirando o sono e deixando cheia de preocupações;amei o teu cantinho, depois por favor faz uma visita no meu ok?! muito obrigado pelas informações...beijos

Postar um comentário

Obrigada por sua visita!!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...